Sexta-feira, 30 de Março de 2007

Parolos da capital

 

Enquanto  amante de hóquei em patins, desloquei-me ontem à capital com mais um par de "tolinhos" por hóquei em patins, para ver o jogo que opunha o Benfica ao Óquei de Barcelos. Uma vez chegados à capital, estabelecemos contacto com alguns locais. Como já não ia a Lisboa à algum tempo, já não me lembrava, o quão provincianos, pacóvios, saloios  são os lisboetas. Lisboa é composto por uma mescla de culturas. A grande maioria não nasceu lá, mas sofrem de um complexo de superioridade . Julgam que Lisboa é Portugal e o resto é paisagem. Chamam provincianos aos que não são da capital, mas eles é que o são. Chamam "terra" à sua aldeia natal porque lhes custam a admitir que não são da capital. Depois têm a mania que eles é que "savem falar vem" só porque carregam no 'V' e causa-lhes tanta espécie ouvir um sotaque do norte. Outra característica que salta à vista, é o facto dos lisboetas serem cheios de peneiras, têm a mania que têm classe mas no fundo são uns parolos, mas são tão parolos que nem se apercebem das figuras ridículas que fazem.

Por falar em parolos, durante o jogo, e sempre que havia uma paragem, faziam o favor de pôr a tocar a música mais estúpida que ouvi até hoje (se é que se pode chamar música aquilo , que mais parecia que era um criança que estava a aprender a tocar piano). Mas o mais engraçado é que o parolo acompanhava a música com palmas. E todos certinhos, pareciam ensaidos. A entrada em lisboa , para quem vem do norte, é das coisas mais feias que já vi até hoje. Por isso tenho pena desses provincianos que vivem em mini  apartamentos, em prédios enormes sujos etc. Quanto ao jogo em si não falo, deixo isso para blogs da especialidade...

 

Jeremy Spoken

sinto-me: uuuiiiii!!! mal mal mal
tags:
Terça-feira, 20 de Março de 2007

Está a chegar!

Amanhã vai ser um grande dia! Amanhã chega uma prima minha que só aparece por cá uma vez ao ano. Antes de mais vou passar ás apresentações. Estou a falar da minha  Prima Vera. A minha prima é a estação do ano que se segue ao Inverno e precede o Verão. É tipicamente associada ao reflorescimento da flora e da fauna terrestres. As flores ganham vida, o verde das árvores fica mais intenso, as Andorinhas chegam para fazerem os seus ninhos nas nossas casas. Mas eu não simpatizo muito com esta gaja. Gosto mais do pai dela, o Verão. Desse sim tenho saudades. Sol, calor, praia, mulheres com pouca roupa,  bikini , bikini ... ah já disse. É por esta altura (quando a minha Prima Vera chega)  que a maioria das pessoas começam já a pensar e a planear as férias. Mas como planear férias significa gastar dinheiro, os mais pobrezinhos, optam por passar férias por perto. 

As férias dos pobres é numa praia perto de casa e normalmente só ao domingo. Vão famílias inteiras em verdadeira excursão para um pinhal perto duma qualquer praia e montam um autêntico 'acampamento'. Chegam bem cedinho (8h da matina) e primeira coisa que fazem é estender a toalha para tomarem o pequeno-almoço, que se baseia em pães com fiambre, queijo e chourição . Estão perto de uma hora a encher o 'bandulho' e depois vão para a praia. Por volta das 10h regressam ao 'acampamento' para lancharem. Desta vez a ementa baseia-se nos panados, rissóis e croquetes. Mais uma horinha de volta dos tupperware e voltam para a praia. Ao meio dia a fominha apertam e lá vão eles para o almoço. O chefe de família vai fazer a brasa para o churrasco. Até ás 16h ninguém vai para a praia porque têm que fazer a digestão (apesar da muita insistência das crianças em ir para a praia). Ás quatro da tarde lá voltam à praia, mas como ás 17h já é hora do lanche, tornam a ir para o pinhal, comer tudo o resto que sobrou do pequeno-almoço/lanche da manhã/almoço. Depois disso e como já começa a ficar tarde, é hora de arrumar as coisinhas. O regresso a casa é tudo menos pacífico. Um trânsito infernal, um calor intenso, a crianças a berrar, a mãe a berrar, o pai a berrar, a avó a berrar... uuiii mais valia não terem saído de casa!

Jeremy spoken  

sinto-me: aaaiiii nem si!
música: Blasted Empire - Blasted Mechanism
Quinta-feira, 15 de Março de 2007

Cuidado! Eles 'andem' aí!!! Capítulo II

Cada vez mais o planeta Terra sofre com a intervenção do Homem. Muitas espécies já foram extintas e outras estão seriamente ameaçadas. Mas existem ourtas espécies que, cada vez mais, ganham importância. No post anterior falei duma espécie em alta na nossa sociedade, os "lambe-cus". Hoje vou falar de outra espécie que tenta ganhar o seu espaço. Se calhar é só paranoia minha e esta espécie até é util para a sociedade, mas a mim irritam-me e, por me causar repugna, vou falar neles. A espécie que estou a falar é a dos "Engravatados". Como também não gosto do nome e dá muito trabalho a escrever, vou substituir "engravatados" por este sapo  .

Esta espécie está por todo o lado, mas costuma ter mais sucesso no sector das vendas. Normalmente os  são pessoas bem falantes, fazem-se deslocar em viaturas de marca (no caso dos vendedores de automóveis), andam sempre de fatinho e tem cartões de crédito que nunca mais acabam. Mas a verdade, é que os  são uns rotos que não têm onde cair mortos. Vivem da aparência e escondem atrás de uma gravata o que realmente são: uns broncos, uns saloios que querem parecer o que não são nem nunca vão chegar a ser. Bons telemóveis, bons relógios, mas na realidade nada disso está pago, compram tudo a crédito e devem a tudo e a todos. O nome inscrito nos seus cartões de crédito diz "Dr. Fulano Tal" mas na hora do pagamento diz "Não Autorizado"! Mas estes 'artistas' vão tendo sucesso porque no nosso país, o povinho presta vassalagem a doutores e engenheiros e os , que passam como tais, vão-se safando. No governo, nas câmaras municipais, nas juntas de freguesia, há ninhos de  por todo lado e o povinho nem quer saber. Uma característica bem vincada em todos eles é serem aldrabões. Aldrabam para subirem na vida, para tirarem dividendos sociais e económicos! E o povinho, não quer saber...

Jeremy spoken

PS - Se és um  e só agora é que percebes-te que estou a falar mal de ti é porque confirmas tudo o que eu escrevi até agora. Mas também não faz mal porque eu só falei verdade....

sinto-me: idiota
música: cão mau - boitezuleika
Terça-feira, 13 de Março de 2007

Cuidado! Eles 'andem' aí!!!

Andava ás voltas para decidir o que fazer no primeiro post , até que saí da rotunda. Foi então que após um acontecimento real, me lembrei de falar numa espécie cada vez mais em voga. Essa espécie ataca por todo o lado, tudo e todos, sem dó nem piedade. Estou a falar, pois claro, dos "Lambe Cus". Como não gosto deste tipo de gente, nem do nome, vou substituir "Lambe Cus" por este sapo .

Em Portugal, os  brotam da terra como cogumelos e andam a atazanar  a vida a todos os que não têm apetência para serem . Já há empresas que recrutam  profissionais, com cursos tirados através do Planeta Agostini. Esta espécie, é capaz de fazer tudo para agradar aos seus superiores. Fazem serviços que não são das suas competências, trabalham até ás tantas, mas no que são mesmo especialistas, é a fazer queixinhas. Todos os patrões gostam de ter o seu  pessoal. Por todo o lado esta espécie ganha importância, já que, funcionam num circulo fechado, ou seja, se és , és bem-vindo, se não és , estás arrumado.

O governo de todos nós, está infestado de . Estão divididos em:  chefe,  adjunto,  adjunto do adjunto,  adjunto do adjunto do adjunto e os  aprendizes. Assim como na assembleia da república estão divididos nas mesmas categorias ( os  aprendizes são aqueles que se sentam atrás de todo e que nunca abrem a boca). Por isso, quem quiser ser alguém na vida, se quer um futuro promissor, não perca a excelente oportunidade que o ministério da educação está a dar. Criou o novo curso superior de  profissional e já estão abertas as inscrições. Mais informações em www.lambecusprofissionais . Mas se quer continuar a ser integro, sincero, honesto e bom colega de trabalho, deixe isso para outros.

Jeremy spoken  

sinto-me: estúpido
música: arise - sepultura
tags:
Segunda-feira, 12 de Março de 2007

Novo Blog

Decidi criar este blog por duas razões: Em primeiro lugar porque me apeteceu. Em segundo porque queria experimentar os blogs do sapo e em terceiro porque me apeteceu (já tinha dito?). Por isso de hoje em diante, sempre que me apetecer, vão ter, ou não, de levar comigo, ou não (já tinha dito?).

Jeremy spoken

escrito por jeremy às 19:34
link do post | para insultar | favorito

mais sobre mim? não sejas cusco/a...

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

coisas recentes

Jeremy is back!!!

Thinking Blogger Award

Acidente

Ó sorte!

Parolos da capital

arquivos de coisas

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

meus links

blogs SAPO

subscrever feeds